14/08/2015 0 Comments Organização

Como ter um destination wedding perfeito

O Destination Wedding, tendência cada vez maior para casamentos, consiste simplesmente em cerimônias realizadas em uma cidade diferente da dos noivos. A modalidade já era muito escolhida, quando o casal vive em uma região com poucas opções de locais para festa ou fornecedores; ou quando eles preferiam casar no campo ou praia. Mas agora a moda está em escolher destinos mais distantes, como no exterior, por exemplo!

Comemoração estendida | Com um destination wedding, a festa se transforma em algo mais, afinal de contas, quem não ama uma viagem entre amigos e familiares? Ao invés de durar uma noite, a comemoração vai além, dependendo apenas do tempo da estadia. Você pode, por exemplo, receber os convidados com um coquetel, realizar a cerimônia no segundo dia e uma super festa no terceiro!

É possível também organizar outras atividades de lazer, que certamente, irão multiplicar os momentos de união entre noivos, famílias e convidados. É só criar um cronograma interessante, abusando dos diferenciais e atrações que o local escolhido oferece. Vale tarde no spa, passeios turístico, jantares!

Você pode deixar algum tempo livre para que os convidados aproveitem livremente também.

Além da praia | A escolha do local é a parte mais gostosa. Ele deve representar algo para o casal. Pode ser um lugar que desperte memórias incríveis ou então o lugar dos sonhos dos dois. Fala-se muito em praias e destinos paradisíacos, mas na verdade o legal é escolher um destino que combine com o estilo dos noivos, seja campo, montanha, cidade. Para noivos mais modernos, o agito de uma cidade como Nova York. Para os mais românticos, nada poderia ser mais incrível que uma cerimônia em Paris.

[media-credit name=”Douglas Fun” align=”aligncenter” width=”640″]destination-wedding-casamento-viagem-prontaparaosim09[/media-credit]

Fotos | Independente do local, uma certeza: as fotos ficarão incríveis. Afinal, não é em toda viagem que você pode contar com um fotógrafo profissional, que pode captar o melhor de cada cenário!

Lua de mel | Nos destination weddings você já casa em clima de lua de mel. Uma ótima dica: você pode sugerir que os padrinhos ofereçam passeios para a lua-de-mel ao invés de presentes.

[media-credit name=”Events Savings Specialist” align=”aligncenter” width=”640″][/media-credit]

 

Contras

Mas nem tudo são flores. Uma viagem como essa oferece centenas de vantagens, mas também apresentam uma série de dificuldades e problemas.

Convidados reduzidos | Infelizmente, esse é um grande contra. Quando se escolhe casar em uma viagem, já deve-se saber que talvez muitos convidados não possam comparecer. Por conta do custo e do tempo da viagem ou vários outros motivos, a lista de convidados tende a ficar bem reduzida, aos parentes e amigos mais próximos mesmo.

O mais interessante é tentar conciliar com períodos de férias, mas isso ainda não é garantia. Por isso, tente agendar pelo menos com a família e os padrinhos anteriormente.

Despesas dos convidados  | Geralmente as despesas da viagem, como transporte e hospedagem, são pagas pelo próprio convidado. Mas você pode tentar fechar pacotes em hotéis e com empresas aéreas, para baratear os custos para todos! Você não tem obrigação de organizar a estadia, mas conheço noivas que já facilitaram a vida dos convidados mais próximos, fechando diretamente com o hotel e acertando com todos posteriormente.

Outra coisa que vale lembrar é que como os convidados já estarão tendo esses custos, você não deve se incomodar se receber menos presentes. A presença deles é que vale!

[media-credit name=”Create the Moment Travel” align=”aligncenter” width=”600″]destination-wedding-casamento-viagem-prontaparaosim03[/media-credit]

Depender de fornecedores locais |  É necessário levantar as opções de fornecedores da região. Dependendo do local, já há empresas preparadas para atender casamentos. Caso não haja, precisará ainda arcar com esse curto a mais de deslocamento. Pensando nisso, é melhor manter tudo mais simples!

Você precisa pensar ainda em relação a equipe de profissionais. Em relação a salões de beleza, por exemplo, ou você tenta contato com algum local ou você terá que levar o seu maquiador/cabeleireiro junto! Dependendo do local, é o único jeito!

Abastecimento em locais de difícil acesso | Casar em uma praia paradisíaca pode ser maravilhoso. Mas já conte com todos os problemas de falta de estrutura típicos dos lugares mais remotos. Por isso, ao escolher o local, também deve-se pensar no abastecimento de água e energia. O aluguel de gerador de energia é essencial.

[media-credit name=”Dreams Riviera Cancun” align=”aligncenter” width=”726″]destination-wedding-casamento-viagem-prontaparaosim06[/media-credit]

Não há como organizar tudo sozinha | Se em casamentos “normais” já é difícil organizar tudo, quando se trata de destination weddings tudo fica ainda mais difícil. Além do planejamento normal do evento é preciso pensar nas burocracias, regras e culturas referentes ao local. Por isso, além de muita pesquisa, é importante contar com uma assessoria que conheça o melhor ambiente e suas particularidades.

[media-credit name=”Leandro Dias” align=”aligncenter” width=”640″]destination-wedding-casamento-viagem-prontaparaosim04[/media-credit]

Organização

Planeje com antecedência | Um ano antes da data, no mínimo! Lembrando que dependendo do local, há necessidade de vistos e outras burocracias. Uma assessoria especializa nesse serviço irá te ajudar com esse detalhes.

Delimite o orçamento | Antes de qualquer coisa, estabeleça seu budget. Definir o quanto quer gastar vai ajudá-los a pensar no local mais adequado e acessível. Um ótima dica, é pesquisar locais em que o nosso dinheiro renda melhor. Com a alta do dólar, o interessante é fugir da moeda. Defina, o quanto antes, o número de convidados, isso vai influenciar diretamente no montante final dos gastos.

Pesquise muito | Não preciso nem falar! Abuse dos amigos viajantes, vá a agências, leia muito.

Alta/baixa temporada | Geralmente, a melhor época em destinos populares correspondem a alta temporada turística. Você não pode esquecer de levar isso em conta! Nesse momento de maior concentração de turistas, há menos vagas nos hotéis, mais filas nos passeios e restaurante, além do custo elevado. Se essa for a decisão, feche tudo com maior antecedência possível. A melhor dica é ir logo antes ou após a alta temporada!

Save the date | É importante enviar o aviso pelo menos três meses antes, já que todos os convidados irão precisar se organizar para a viagem.

Checklist | Inicie um checklist com tudo o que precisa ser combinado com os fornecedores do local. Se possível, o interessante é chegar alguns dias antes do casamento, para organizar todos os últimos detalhes. A chance de esquecer ou algo dar errado dobra nesses casos.

Seja organizada | Planilhe tudo! Invista mais no que for mais interessante e saiba abrir mão de algumas vontades. Infelizmente, se o budget não é ilimitado, não se pode ter tudo!

Preveja imprevistos | Tenha planos alternativos caso algo possa dar errado. Conhecer o melhor possível o destino é super importante. Informe-se sobre as características do tempo, se costuma chover, se esfria a noite, se venta muito. É interessante estar preparado e deixar os convidados cientes também!

destination-wedding-casamento-viagem-prontaparaosim08

No começo pode parecer loucura, mas fazendo tudo com calma e contando com a ajuda de profissionais é super possível. E tenha certeza, dependendo do local e data escolhidos, pode sair até mais em conta que um casamento mais tradicional, em sua própria cidade. Fora que o custo da lua-de-mel já estará incluso!

E o resultado, sem dúvida alguma, será inesquecível!

E você, se pudesse casar em qualquer lugar do mundo, onde seria? Conta pra gente!